Pesquisa indica que Brasil é o 3º país com maior consumo nas redes sociais; aprenda como engajar e fortalecer sua comunidade

Construir laços com os seus seguidores é um passo importante para impulsionar a sua marca
Foto: Divulgação

Nos últimos anos, as redes sociais têm desempenhado um papel cada vez mais importante na maneira como as pessoas se conectam, se informam e interagem com o mundo ao seu redor. Com bilhões de usuários ativos em plataformas como Facebook, Instagram, Twitter e LinkedIn, essas redes se tornaram um terreno fértil para o engajamento de comunidades e o fortalecimento de laços entre pessoas com interesses comuns.

Segundo um levantamento recente divulgado pela Comscore, o Brasil tem se destacado como o terceiro país com maior consumo de redes sociais em todo o mundo. São nada menos que 131.506 milhões de contas ativas em solo brasileiro. Desse total, cerca de 127,4 milhões são usuários que utilizam pelo menos uma das redes sociais, o que representa aproximadamente 96,9% da população conectada do país.

Com um número tão expressivo de usuários engajados nas redes sociais no Brasil, a oportunidade de envolver uma comunidade em torno de uma marca é enorme, porém igualmente desafiadora. Afinal, como é possível engajar tantas pessoas no propósito de uma empresa? “É uma questão que muitas empresas enfrentam, mas existem exemplos inspiradores de marcas que têm alcançado sucesso nesse aspecto”, explica Haynabian (Bibi)  Amarante, sócia da agência especializada em estratégias digitais e live marketing, Hustlers.br.

Alguns dos grandes exemplos de marcas são a Magalu e a Netflix, que se destacam por sua abordagem inovadora e criativa nas redes sociais. As empresas utilizam estratégias que vão além da divulgação de produtos, criando conteúdo relevante e envolvente para o público, o que mantém os fãs engajados e faz com que se sintam parte de uma comunidade global.

No entanto, não são apenas as grandes marcas que têm a oportunidade de engajar e criar uma comunidade nas redes sociais. Médias e pequenas empresas também possuem esse potencial. “Independentemente do tamanho do negócio, o engajamento com o público é fundamental para construir uma comunidade leal e apaixonada em torno da marca”, afirma a especialista.

Com uma estratégia bem definida, conteúdo relevante e interações autênticas, é possível estabelecer conexões significativas com os seguidores e conquistar um espaço ativo nas redes sociais. A chave está em compreender seu público-alvo, identificar seus interesses e necessidades, e oferecer um valor único por meio do conteúdo e das interações”. Ao construir relacionamentos genuínos e cultivar uma comunidade engajada, as empresas podem criar um impacto duradouro e se destacar em meio à concorrência.

Confira cinco dicas para engajar comunidades nas redes sociais:

  • Conheça sua comunidade e os seus interesses. Realize pesquisas, faça perguntas, analise métricas e estude o comportamento de seus seguidores. Quanto melhor você entender sua comunidade, mais efetivamente poderá se conectar com ela.
  • Produza conteúdo original e de qualidade que seja relevante para sua comunidade. Mostre autenticidade em suas postagens, compartilhando histórias pessoais, opiniões honestas e informações valiosas.
  • Encoraje seus seguidores a participar ativamente da conversa. Faça perguntas, peça opiniões, promova enquetes e desafios. Mostre interesse genuíno pelas respostas e envolva-se nas discussões. Ao criar um ambiente acolhedor e aberto, você incentiva a participação e fortalece o senso de comunidade.
  • Dedique tempo para responder aos comentários, mensagens e menções de seus seguidores. Demonstre que você valoriza o engajamento deles, seja agradecendo pelas interações, respondendo dúvidas ou simplesmente mostrando interesse pelas histórias compartilhadas. A interação constante fortalece os laços entre sua comunidade e sua marca.
  • Busque parcerias com outras contas ou influenciadores. Realizar colaborações pode trazer exposição a novos públicos, expandindo seu alcance e permitindo que você se conecte com diferentes comunidades. Além disso, parcerias bem-sucedidas podem criar sinergia e fortalecer os laços entre as comunidades envolvidas.

www.hustlers.com.br

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados
Leia mais

Criança Esperança anuncia que Festival de Cinema para crianças cegas, surdas ou com deficiência intelectual também foi selecionado para 2024!

O "Festival de Cinema Acessível Kids - a serviço da inclusão educacional", projeto de arte, educação e lazer, voltado principalmente para crianças cegas ou com baixa visão, surdas ou com deficiência auditiva ou com deficiência intelectual ou cognitiva, anunciou sua programação para o segundo semestre de 2023. O projeto, que tem a chancela da Unesco e foi selecionado pelo "Criança Esperança", estará em mais cinco cidades do País até o final do ano: Brasília, de 11 a 14 de setembro; Recife, de 8 a 11 de outubro; Florianópolis, de 23 a 27 de outubro; e Rio de Janeiro e Niterói, de 5 a 11 de novembro. Além disso, no dia 7 de agosto, o Criança Esperança anunciou que a OSC Mais Criança, com seu projeto Festival de Cinema Acessível Kids, foi selecionada para participar da sua 38ª. edição.