Escolas bilíngue crescem 10% no Brasil

They holds the future in hands. Children in preschool.

Metodologia diferenciada pode influenciar no aumento deste modelo que terá ainda mais destaque nos próximos anos

Com o avanço tecnológico e globalização cada vez mais avançada, saber se comunicar em inglês deixou de ser apenas um diferencial para ser uma necessidade. Exatamente por isso, é comum observar redes de ensino que investem na educação bilíngue. No entanto, ainda hoje, muitas não possuem um modelo realmente adequado para promover uma imersão de qualidade.

Um levantamento da Associação Brasileira do Ensino Bilíngue (Abebi), mostra que, de 2014 até os dias atuais, os colégios bilíngues cresceram cerca de 10% no país. No entanto, esse número ainda reflete o verdadeiro potencial que o mercado brasileiro oferece. Segundo Júnior Pires, fundador e diretor da HC School,  apesar de muitos colégios venderem a ideia de que são “bilíngues’’, no Brasil, ainda, há poucas escolas preparadas para uma real imersão na língua inglesa. “Quando dizemos colégio bilíngue, significa que os alunos daquele colégio terão contato com o idioma todos os dias, parte do conteúdo didático como, Matemática e Geografia, é ensinada em inglês. O idioma dentro de uma escola bilíngue não é apenas uma matéria, mas, sim, um meio de comunicação para outros conteúdos durante a semana”, explica.

Portanto, a grade curricular das escolas bilíngues, geralmente, é maior que das escolas convencionais, assim, o aluno pode vivenciar o idioma na prática. “Alguns colégios, com o intuito de se adaptar à demanda que cresce a cada dia, estão incluindo o programa bilíngue com diferentes estratégias. Alguns colocam o ensino do idioma como conteúdo extracurricular, não há uma transformação do ambiente escolar para que os alunos vivam uma experiência de imersão, porém, os alunos são expostos à língua com frequência durante a semana para que comecem a viver uma experiência natural com o idioma”, acrescenta.

Vantagens de investir em um colégio bilíngue

Júnior destaca que saber inglês, nos dias atuais, é essencial para conquistar o crescimento pessoal e profissional. Portanto, investir nesse modelo de ensino pode fazer uma diferença ainda maior. “A procura por colégios capazes de capacitarem os alunos a se comunicarem na língua mais influente do mundo tem crescido a cada dia. Pais enxergam a necessidade do domínio por esta habilidade que se torna cada vez mais indispensável para o mercado de trabalho. Os colégios que não se atualizarem e incluírem em suas grades curriculares uma experiência maior com a língua inglesa, perderão boa parte da fatia do mercado. Quanto antes se prepararem para este novo cenário, mais chances de se destacarem e crescerem”, ressalta.

O diretor da HC School ainda reforça: “Uma escola bilíngue não é apenas ensinar um idioma, mas fazer com que os alunos vivam uma cultura, uma experiência, uma realidade diferente e, assim, despertar a curiosidade para novos horizontes, trabalhar novas habilidades e descobrir um mundo novo. Quando a comunidade escolar está engajada no propósito, o ambiente se torna internacional e o aluno se sente mais estimulado a viver aquela nova realidade e isso impacta no ensino das matérias em geral, como Ciência e Português”.

Metodologia HC School

Para colégios que desejam inserir esse tipo de modelo em sua cartela de serviços, a HC School possui várias soluções de alto padrão para atender a esta necessidade. “Temos um time de experts com experiência internacional para contribuir com a capacitação dos professores e auxiliar nos processos de implementação. Todos os processos são alinhados com as equipes do colégio e comunicado aos pais para que a transição seja exposta da melhor forma”, esclarece Júnior.

Com 12 anos no mercado e com milhares de alunos em todo Brasil, a HC School é uma instituição especializada na língua inglesa, que nasceu em Londres com o propósito de um ensino mais real, fugindo do padrão que foca em ensinar gramática e traduzir textos. “Muitos sistemas de ensino possuem a língua inglesa apenas para complementar a cartela de serviços, por isso, muitos professores se frustram por não terem em mãos uma metodologia que realmente funcione e que dê suporte. A HC School vem na contramão do que vem sendo praticado no mercado brasileiro e oferece um método exclusivo, que agrada alunos, pais e professores”, finaliza.

Serviço

Para mais informações sobre o modelo de colégio bilíngue proposto pela HC School, acesse: colegiobilingue.hcschool.online

Fonte: Júnior Pires, fundador e diretor da HC School, escola de inglês com ensino à distância disponível globalmente.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados
Leia mais

Número de profissionais contratados por empresas brasileiras nos Estados Unidos cresce quase 50% no último ano

De acordo com dados da Deel, companhias do Brasil estão contratando mais no país americano graças às facilidades das ferramentas integradas de gestão de RH; para ajudar PMEs que desejam ingressar no mercado internacional, empresa apresenta PEO, US Payroll e Payroll Connect que ajudam a gerenciar as competências da área de recursos humanos, como folhas de pagamento, para empresas que queiram expandir seus negócios e contratar trabalhadores no país americano