Curta brasileiro Quimera ganha Beyond Border International Film Festival

O curta-metragem brasileiro “Quimera”, com roteiro e direção de Alexia Annes, foi premiado no Beyond Border International Film Festival na categoria Women’s Film.
Divulgação

“Quimera” retrata um momento crucial na vida de Liz, o amor e o ódio, através de uma explosão de sentimentos avassalares ela alcança o extremo. “Por um momento pensei que poderia eternizar o nosso amor, um disco riscado repetindo a nossa canção”, diz a personagem no curta. “Quimera” retrata um relacionamento no fim, e mostra como a obsessão não tem limites. Liz está cega dominada por uma ilusão e não aceita o fim, o seu único desejo é que tudo permaneça como está para sempre, e está disposta a pagar o preço. Sua mente neste momento vive em conflito, e ela já não sabe a diferença entre realidade, memórias e imaginação. Gael está decidido e quer a separação, porém Liz não aceita e está disposta a pagar o preço desta suposta eternidade e seguir nos planos de “felizes para sempre”.

A ideia do filme surgiu desta necessidade de mostrar esta mulher que está fragilizada mentalmente por um ideal que não existe, e que muitas vezes é imposto pela sociedade. A equipe é formada por profissionais que acreditam na importância destes temas, realizando as gravações de forma independente, no melhor estilo “cine guerrilha”. A equipe traz nomes como o premiado cineasta Adriano Gomez, que captou cada detalhe deste enredo com muita sutileza e no elenco contracenando com Alexia Annes o ator premiado em diversos festivais de cinema Alexandre Sean, além da violonista Silvia Velludo que abrilhantou o curta com uma trilha exclusiva.

Após ser premiado no Beyond Border Film Festival na categoria Women’s Film, o curta-metragem “Quimera” concorre agora no  Festival T.I.F.A nas categorias  Melhor Edição, Melhor Design de Produção, Melhor Fotografia, Melhor Roteiro,  Melhor Atuação (Alexia Annes), Melhor Direção e Melhor Filme.

Ficha técnica:

Roteiro e direção geral: Alexia Annes

Diretor de fotografia, som direto, montagem e edição: Adriano Gomez

Direção de arte e figurino: Luana Dias

Making-off e fotografia: Renata Rosa

Make e beleza: Bruno Nezadal

Legendas: Ian Bowes

Elenco: Alexia Annes e Alexandre Sean

Participação especial: Sílvia Velludo

Produção executiva e Locação: Isabela Prado

Trilha Sonora:

Nome da música: Cleusa

Compositor: Bernardino Santilli (12/09/1954)

Arranjo de Maria Sílvia Velludo (2022)

Violinos: Sílvia Velludo

Realização: Batom Produções

Apoio: Thiago Diamonds, Brechó Nina Flores, Fastalk Escola de Inglês e Folha da Mooca

Sobre Alexia Annes

Já realizou mais de cinco espetáculos autorais, curtas metragens, webséries, e publicou um livro, “Sukata o Musical”. Premiada em diversos festivais, fundou a Batom Produções, produtora que tem dois núcleos de pesquisa teatral, o Coletivo Floresce Menina e o Coletivo Pássaros. No cinema o foco é a pesquisa e favorecimento do protagonismo feminino e seu ponto de vista, com temas que norteiam a sociedade, como a violência doméstica, depressão, vícios, sustentabilidade e a música através de planos, filmes que misturam a realidade com o universo dos sonhos e o questionamento sobre a sociedade atual e o lugar da mulher.

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Relacionados
Leia mais

Últimos ingressos para O Último Fantasma – In Concert no Teatro Gazeta em São Paulo

Após 35 anos em cartaz na Broadway, o grande clássico fechou suas cortinas. Mas o Fantasma nunca será esquecido! A Dos Clássicos Produções reunirá grandes artistas das montagens oficiais do Fantasma da Ópera Brasil em um In Concert muito especial, que acontecerá no dia 31 de maio, em única apresentação, ao vivo, no Teatro Gazeta, na Avenida Paulista.